16 outubro 2015

ELEIÇÕES 2016: Em CEARÁ-MIRIM, foi dada a largada para a sucessão do Solar dos Antunes.

Com alguns nomes já lançados para pré-candidaturas, a política em Ceará-mirim começar a aquecer as turbinas para a campanha de 2016. As novidades são: Marconi Barreto, Jeorge Ferreira e Renato Martins. Estes já são considerados pelos “analistas de plantão” como os principais candidatos para a sucessão do Prefeito. Todos eles com o apoio e incentivo do próprio Peixoto.

Empresário Marconi Barreto.
O empresário Marconi Barreto se filiou ao PP e já admite ser candidato em 2016. Proprietário do Globo Futebol Clube e empresário da área da construção civil, Marconi é um velho frequentador do gabinete do prefeito Peixoto. Como um ilustre cidadão ausente da cidade, dizem que Marconi já prometeu trazer para Ceará-mirim um supermercado e algumas empresas para gerar emprego e renda em um bairro construído por ele, que teria toda infraestrutura necessária para o bem estar dos que lá fossem morar, "comprando" uma de suas unidades habitacionais. Hoje, pelo que se sabe, a promessa de um bairro diferenciado ficou no meio do caminho. Será que agora ele vai prometer transformar Ceará-mirim em um "Barretão" maior ainda?


Peixoto e Renato Martins, seu preferido.
O vereador Renato Martins também lançou sua pré-candidatura. Tido como o preferido do Prefeito, o que já lhe conferiu o apelido de Menino de Ouro de Peixoto, em recente entrevista ao locutor Jony Som, o vereador mencionou que recentemente esteve com um outro já conhecido pré-candidato ao Solar, o agrônomo, Marcílio Dantas. Comentou, ainda, que Marcílio teria dito que os dois precisavam sentar e “voltar” a conversar. Na ocasião, Renato Martins afirmou “estar aberto”. Este fato tem repercutido como a possibilidade de uma provável aliança para 2016 entre os dois pré-candidatos e, consequentemente, uma aproximação de Marcílio com o grupo do atual Prefeito.



Marcílio Dantas ao lado dos candidatos
do Acordão de 2014, Henrique e Wilma.
O pré candidato, Marcílio Dantas (PROS), até agora, não desmentiu oficialmente o que foi dito pelo vereador Renato Martins sobre ele ter chamado o presidente da Câmara para "voltarem" a conversar. Nas eleições de 2014, Marcílio caminhou ao lado do sistema peixotista, em apoio aos candidatos do "Acordão", Henrique Alves e Wilma de Faria, talvez esta seja a indicação de uma possível aproximação com o grupo de Peixoto no pleito de 2016, em uma espécie "Acordinho" local, repetindo assim o que ocorreu na campanha de 2014. Inclusive, nas últimas semanas, comenta-se pelos quatro cantos da cidade que Marcílio estaria negociando com Henrique Alves, o comando do PMDB no município. Segundo Marcílio, esta "negociação" está sendo coordenada pelo deputado Gustavo Fernandes.



Jeorge Ferreira, Assessor Especial
do Prefeito Peixoto.
Outro pré-candidato é Jeorge Ferreira (PP). Detentor de uma bela retórica, Jeorge se integrou ao grupo de Peixoto na campanha de 2012. Levado pelo desgastado vereador Luciano Morais, que é considerado “o mais Peixotista dos Peixotistas... mais Peixotista ainda do que o próprio Peixoto”, Jeorge permaneceu no sistema após a reeleição do Prefeito. O interessante é que, mesmo fazendo parte da equipe de Peixoto desde 2012, e sendo hoje o Assessor Especial do Prefeito Peixoto, Jeorge se lançou ao público como “O NOVO”. Afinal, que novidade seria essa? Estaria o pré-candidato sinalizando um rompimento com o atual governo? Teria o pré-candidato finalmente enxergado as mazelas desta atual gestão? Mas, sendo ele parte integrante deste sistema, que novidade ele poderia representar para nossa população?


Júlio César, atual líder nas pesquisas.
Tido como o mais forte dos pré-candidatos, o advogado Júlio César (PSD) deverá ter sua candidatura apoiada pelo Governador Robinson Faria. Candidato em 2012, quando obteve 9.362 votos, Júlio César é considerado o responsável por grande parte dos 19.294 votos que deram a vitória ao Governador Robinson em Ceará-mirim, na campanha que o levou ao Governo do Estado em 2014. Depois da posse de Robinson, Júlio César aceitou o convite para ser colaborador da sua gestão e hoje é Diretor Geral do Detran/RN. Oficialmente, Júlio César é o único candidato que assume publicamente total oposição ao grupo liderado pelo atual prefeito Antonio Peixoto.



Diante desse quadro, o povo pergunta pelas esquinas: Estaria o sistema de Peixoto lançando vários candidatos com a intenção de enfraquecer a verdadeira oposição ao seu DESgoverno e sua gestão desastrosa?

Que comecem os jogos!
1 Comentários

Um comentário:

  1. Sem dúvida que vai existir vários candidatos do CORONEL, pra tentar fazer o que fez em 2012... mais eu só digo uma coisa, essa de Júlio ninguém toma, pode apostar...

    ResponderExcluir