19 novembro 2015

Ministério Público Federal constata que médicos não cumprem suas cargas horárias. Em Ceará-mirim tem disso? Tem disso sim, tem disso sim...

Uma inspeção do Ministério Público Federal (MPF) em Pau dos Ferros constatou uma série de irregularidades no cumprimento da carga horária de trabalho dos profissionais da Política de Atenção Básica à Saúde do município de São Francisco do Oeste.

A visita feita ao Centro de Saúde Francisca Emília Leite foi realizada para verificar se estavam sendo cumpridas as cláusulas do termo de ajustamento de conduta firmado em setembro de 2014 entre o município e o MPF.

Durante a fiscalização foi possível constatar a falta de vários profissionais na unidade de saúde, além da não inclusão das médicas no sistema de registro eletrônico de ponto. Às 10h57 da manhã, horário em que a inspeção começou, apenas o secretário de saúde, a recepcionista e uma servidora foram encontrados na unidade básica. Não havia nenhum médico, enfermeiro, dentista, agente comunitário, fisioterapeuta, nutricionista ou educador físico no centro de saúde, apesar de haver um relógio de ponto instalado no local. Clique aqui e veja a notícia completa no site do MPF-RN 



Já em Ceará-mirim, nem precisa de muita investigação.

A própria super secretária de saúde, Maria Elaine, e o vereador Clécio Junior, já confessaram que tem conhecimento de que os médicos contratados pelo município NÃO CUMPREM suas cargas horárias. Segundo o vereador Clécio Junior, no início do seu mandato esteve com a secretária e a informou que fez visitas aos postos de saúde e constatou que os médicos só trabalhavam quando queriam. Ainda segundo o vereador, a secretária informou que já sabia disso. O que os dois fizeram? NADA!

Assista o vídeo pulicado na página do grupo DIALOGA - Ação dos Cearamirinenses, onde o vereador Clécio Junior confessa que ele e a super secretária de saúde, Maria Elaine Bezerra, são conhecedores do fato dos médicos não cumprirem suas cargas horárias em Ceará-mirim.






Enquanto isso, a saúde de Ceará-mirim segue na UTI.



0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário