29 novembro 2015

O Goto Seco pelas trilhas do Vale

Neste domingo (29), a turma do Movimento Alternativo Goto Seco, explorou as trilhas dos velhos Engenhos do nosso querido Verde Vale.

4ª Trilha GOTO SECO: 18,5km em aproximadamente 6 horas.

A turma do Goto Seco percorreu todo o roteiro dos engenhos, visitando estruturas abandonadas com potencial enorme para o referencial turístico, infelizmente encontradas em total descaso, além de visitas a pontos de natureza ainda preservados em rotas somente possíveis em caminhada.

Segundo Carlos Henrique, um dos idealizadores do Movimento Goto Seco, o Vale sofre, mas resiste bravamente a ação criminosa do homem.

"Infelizmente presenciamos a queima de boa parte da vegetação de carnaúba ainda existente em nosso município. Presenciamos também resquícios humanos (lixo) em nossas nascentes e riachos que sobrevivem diante do desmatamento pela cana. Muitos rios assoreados pela consequência do desmanche da mata ciliar onde o cultivo canavieiro não respeita a distância mínima de APP (área de preservação permanente) nos corpos d'água que ainda fazem esse Vale fértil, menos árido e ainda de beleza singular." Comentou.

Os "Trilheiros do Goto", Ayanne, Estefferson, Cadu, Kely, Halysson, Janaína e Carlos Henrique, contaram com o apoio tático de Hérmano e já planejam a próxima aventura: escalar o Pico do Cabugi.





0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário