04 dezembro 2015

O jeito PSDB de tratar a educação: violência, truculência, desrespeito, tiro, porrada e bomba


"Estou com muito medo. Eles me ameaçaram para ficar calado e sumir, mas vou continuar na guerra." Quem afirma isso é o estudante Elissantro Dias Nazaré da Siqueira, de 18 anos, um dos seis detidos durante protesto contra o projeto de reorganização do governo Geraldo Alckmin (PSDB), que aconteceu na tarde desta quinta-feira (3) na zona oeste da capital paulista.

Houve dois pontos de confronto com a Polícia Militar: na avenida Faria Lima e na avenida Deputado Lacerda Franco. Elissantro foi detido e chegou a ser pendurado de cabeça para baixo por quatro policiais neste último local. "Falaram na delegacia que eu estava jogando cadeira mas eu nem estava com cadeira", afirma o aluno, que está com machucados no ombro, nas costas e nos pulsos (por conta das algemas).


O professor da rede estadual R.P.V., de 39 anos, estava no local e confirma a versão do estudante. "Ele foi levado pendurado por quatro policiais de cabeça para baixo. O rosto dele estava bem vermelho por conta do sangue que estava descendo", diz. "Eu tentei impedir que ele fosse levado daquela forma e um policial me ameaçou com cacetete."

Para R.P.V., o confronto de hoje foi o mais violento. "Foi uma agressão violenta da PM, que usou bomba contra os estudantes. E isso bem próximo a uma feira. Foi nesse momento que os policias conseguiram prender dois estudantes. Eu fui quase detido na Faria Lima."

Procurada no local, a tenente Sarah da Polícia Militar afirmou que Elissantro foi levado dessa forma até a delegacia porque apresentou resistência no momento da prisão. "Os policiais tiveram que usar de força", afirma. "Usamos, ainda, bomba de gás lacrimogêneo para desinterditar a via", relata. Segundo ela, cerca de 30 pessoas ainda aguardam a liberação de outros dois estudantes no cruzamento das avenidas Deputado Lacerda Franco e Cardeal Arcoverde, na zona oeste.

Por Lucas Rodrigues - Do UOL


0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário