22 dezembro 2015

PM faz segurança de advogada internada depois de sofrer atentado em Natal


A advogada Paloma Gurgel, que sofreu um atentado na noite do último sábado (19), em uma lanchonete no cruzamento da avenida das Alagoas e da avenida Ayrton Senna, em Neópolis, zona Sul de Natal, segue internada no Pronto Socorro Clóvis Sarinho.

Segundo informações, atendendo a um pedido da Ordem dos Advogados do Brasil RN (OAB/RN), enquanto a vítima estiver no hospital, dois policiais ficarão no local fazendo a segurança da mulher, que, de acordo com a direção da unidade, se recupera bem.

No sábado, no momento em que foi no carro pegar o dinheiro para pagar a conta na lanchonete, Paloma foi surpreendida por dois homens armados em uma motocicleta. Os suspeitos dispararam contra ela, que foi atingida no braço, perna e tórax.

A Polícia Civil já iniciou as investigações e uma das linhas de investigação está relacionada com a área de atuação de Paloma, que é advogada criminalista.

A OAB/RN, divulgou uma nota de repúdio pelo ocorrido.

O presidente da OAB/RN, Sérgio Freire, repudiou a violência sofrida pela advogada criminalista Paloma Gurgel que foi baleada na noite de sábado (19), em Neópolis, por dois homens em uma motocicleta. Paloma foi levada ao hospital com três tiros.

Freire esteve na Delegacia responsável pelas investigações e cobrou providências da Polícia Civil, bem como visitou a advogada hospitalizada e ressaltou que a instituição vai acompanhar o caso. “Uma das bandeiras da OAB é o combate à violência e vamos acompanhar de perto as investigações”, enfatizou.

Fonte: Agora RN

0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário