17 dezembro 2015

Tenente da PM, acusado de matar lutador, é encontrado morto

O tenente da Polícia Militar, Iranildo Felix de Sousa, foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (17) dentro da sede do 5º Batalhão de Polícia Militar, na zona sul, onde cumpria pena. O Policial é acusado de matar a ex-mulher Izânia Maria Bezerra Alves, de 31 anos, e o lutador Luiz de França, de 25 anos, assassinado a tiros no dia 10 de fevereiro do ano passado, A Polícia Militar recebeu a informação que o corpo do tenente foi encontrado dentro de uma das celas enforcado. Porém, ainda sem confirmação da motivação.

Morte da estudante 

A estudante de Direito estava com o tenente da PM quando foi morta em Macaíba. Os dois estavam em um Fiat Uno na estrada de terra. O policial alegou ter sofrido um atentado. Ao chegar no local, a polícia encontrou o oficial ferido com um colete a prova de balas. Izânia Maria Bezerra Alves estava morta no mesmo local. A estudante levou um tiro no pescoço, um no rosto e dois na cabeça. 

Morte de lutador 

Na manhã do dia 10 de fevereiro de 2014, o lutador Luiz de França deixava a academia onde dava aulas de musculação. Luiz foi surpreendido por dois homens que se aproximaram em uma motocicleta. Eles atiraram várias vezes. O crime causou comoção. Em poucos dias, a Polícia Civil apontou o tenente Iranildo Félix como principal suspeito do assassinato.

190rn.com
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário