22 fevereiro 2016

Investigação criminal contra Peixoto prossegue após decisão do Desembargador Glauber Rego

Enquanto a turminha de Baco tenta defender o que não em defesa, as investigações criminais contra o prefeito Peixoto continuam seguindo.


Em decisão do dia 19 de fevereiro, o Desembargador Glauber Rego autorizou a continuidade da investigação criminal da Procuradoria Geral do Ministério Público contra o prefeito Antônio Marcos de Abreu Peixoto.

Trata-se do procedimento que investiga possível fraude em licitação em que participou a empresa WXP Construções e Empreendimentos.

Para quem não lembra, de acordo com o MP, durante a OPERAÇÃO BACO, vários documentos foram apreendidos na residência da ex-secretária de finanças, REJANE LÍDICE. Entre estes documentos, foram encontrados extratos de contas da WXP CONSTRUÇÕES E EMPREENDIMENTOS LTDA e também planilha de pagamentos de funcionários – muitos deles em nome do ESPOSO e do FILHO da SECRETÁRIA.

A WXP CONSTRUÇÕES E EMPREENDIMENTOS LTDA foi uma das empresas que teve seu contrato analisado pela CGU, que apontou irregularidades na licitação em que ela participou.

Embora o judiciário caminhe a passos lentos, a população de Ceará-Mirim espera que a justiça seja feita e que os que, possivelmente, cometeram crimes e saquearam os cofres do município, paguem por seus abusos.

0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário