21 março 2016

Quatorze reservatórios de água monitorados pelo Igarn estão em volume morto

Em 2017 oito açudes deverão entrar em volume morto sendo 5 no primeiro semestre e três no segundo. 


O Instituto de Gestão de Águas do Estado do Rio Grande divulgou nesta segunda-feira (21) o último balanço dos níveis dos reservatórios que o órgão monitora em todo o RN. A análise aconteceu entre os dias 19 e 21 de março e constatou que 14 dos nossos reservatórios estão em volume morto (29,77%), já outros 11 (23,40%) estão secos.

O número de açudes que chegarão a volume morto até junho de 2016 subiu para 7 enquanto os que vão perdurar até dezembro de 2016 são 6. Em 2017 oito açudes deverão entrar em volume morto sendo 5 no primeiro semestre e três no segundo.

Se as chuvas mantiverem no nível em que estão no atual momento apenas um reservatório deverá manter-se até 2019, sendo ele o de Santa Cruz do Apodi que hoje tem 179,6 milhões de metros cúbicos, 29,95% dos 600 milhões de metros cúbicos totais da sua capacidade.

O maior reservatório do estado, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves que tem uma capacidade de 2,4 bilhões de metros cúbicos, entretanto hoje ela tem apenas 19,81% de sua capacidade, o que significa 475,4 milhões de metros cúbicos.

No Minuto
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário