06 março 2016

Xô DENGUE em Nova Ceará-mirim tem balanço positivo, de acordo com os seus organizadores

Realizada na manhã de hoje (06), a ação Xô DENGUE, em Nova Ceará-mirim, foi considerada pelos organizadores como extremamente positiva.

De acordo com Fábio Luiz, idealizador da ação e que é morador de Nova Ceará-mirim, "o balanço geral da Xô DENGUE foi bastante positivo. As equipes formadas pelos Desbravadores e por alguns voluntários, visitaram quase todas as residências de Nova Ceará-mirim, onde entregaram panfletos, procuraram e eliminaram possíveis focos do mosquito e conversaram com os moradores sobre a importância de cada família ficar vigilante e fazer a sua parte no combate ao mosquito Aedes aegypti, que é o transmissor da Dengue, do Chickungunya e do Zika vírus."

"Graças ao empenho de voluntários e, fundamentalmente dos jovens Desbravadores, conseguimos cobrir 80% da área de Nova Ceará-mirim, levando informações para conscientizar a população de como cada um pode fazer a sua parte para combater o Aedes aegypti. Isso para nós foi muito gratificante, pois nos deu a certeza de que, nas próximas ações, teremos total possibilidade de atingir 100% de cobertura." Comentou Ari Duartte, um dos organizadores do Xô DENGUE. que também agradeceu a participação dos jovens Desbravadores e a Neto Leite, que coordenou os grupos.

"Os grupos de Desbravadores, coordenados por Neto Leite,
foram fundamentais para o sucesso e a realização desta ação." Disse Ari Duartte.


Quatro clubes de Desbravadores estiveram presentes na ação: Arqueiros de Cristo de Nova Ceará Mirim, Rocha Eterna do Centro, Trôade de João de Barros e Guerreiros da Floresta. Neto Leite, que é coordenador distrital dos Desbravadores, fez questão de agradecer e elogiar o empenhos dos diretores, Canindé Torres, Adivânia Leite, João Maria e Henrique, como também a todos os jovens Desbravadores: "Sem a participação e a dedicação dos Desbravadores e seus diretores, não teria sido possível a realização da ação Xô DENGUE. Nossos jovens merecem os parabéns".

Quem também comentou sobre a ação foi Genilson Araújo, que voluntariamente se juntou a equipe e ajudou na coordenação dos trabalhos: "A operação foi um sucesso. Estamos prontos e ansiosos para definir o local e a data da próxima ação Xô DENGUE."

Apenas uma triste constatação durante as atividades: muito lixo espalhado pelas ruas e calçadas, o que contribui para o desenvolvimento do Aedes aegypti. Infelizmente, percebe-se que a prefeitura não está fazendo o que deveria ser a sua responsabilidade.




0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário