01 julho 2016

[ARTIGO] Como criar alternativas de melhoria na geração de emprego e renda na nossa cidade?


Por Ari Duarte 

Diante do cenário econômico pouco favorável é necessário que ações estratégicas e criativas sejam desenvolvidas, para que cidades como Ceará-Mirim, consigam criar alternativas viáveis e de baixo custo, que tornem possíveis o desenvolvimento econômico e fonte de renda para a população.

E é aí que entra as ações do poder público municipal, no sentido de criar ações, mecanismos e estruturas capazes de viabilizar pequenas atividades econômicas, que se encaixem nas nossas vocações e necessidades.

O primeiro ponto que gostaria de abordar, trata-se do Turismo.

Nosso potencial turístico necessita ser melhor explorado.

Como usar esta atividade para favorecer nossos conterrâneos, gerar emprego e renda?

- O turista que visita uma cidade, gosta de comer bem. Mas podemos melhorar a nossa oferta de pratos típicos regionais e de atendimento?

- A prefeitura poderia contratar um Gastrônomo, para ministrar minicursos com nossos donos de bares e restaurantes!

- Poderia ainda, capacitar melhor nossos garçons, para um atendimento gentil e eficiente!

- Poderia disponibilizar nutricionistas, para consultorias em boas práticas de higiene e armazenamento de alimentos.

Clientes satisfeitos, sempre voltam!

Outro segmento a ser explorado, de acordo com nossa vocação turística, seria o artesanato.

- Identificar os artesãos, reuni-los em associação e patrocinar a infraestrutura de uma feirinha de artesanato, já seria uma excelente forma de colaborar significativamente com nosso pessoal que atua nesta área. Temos muita gente capacitada e esperançosa por este tipo de ação.

- Melhorar a infraestrutura de nossos pontos turísticos. Banheiros limpos a disposição, acessibilidade, placas de identificação e contexto histórico deste local, tornariam a visita mais interessante.

- Melhorar a nossa malha viária, ninguém gosta de andar na buraqueira.

- Capacitação para guias turísticos, tornando possível a política do primeiro emprego para os jovens.

- Apoio e desenvolvimento de festas tradicionais, valorizando os artistas da cidade.

E ainda,

- Ações de marketing e propaganda nas mídias local e regional, para atração do maior número de turistas possíveis para a cidade. Favorecendo esta cadeia de atividades, gerando emprego e renda para nosso povo.

Não estamos falando de ações difíceis de serem executadas.

A criatividade e vontade de fazer, podem superar as dificuldades e melhorar as condições de vida e orgulho de toda a população.


Ari Duartte é um cearamirinense filho de uma família humilde, tem 36 anos, é enfermeiro formado pela UFRN desde 2006 e atua no SAMU e na Casa de Saúde São Lucas, em Natal.

Crítico da atual gestão municipal de Ceará-Mirim, suas colocações têm tido muita repercussão através das redes sociais, principalmente no Grupo DIALOGA, onde é membro efetivo.

Profundo conhecedor das questões relacionadas a saúde pública, Ari não se furta em debater qualquer assunto de interesse da comunidade, o que o faz ser reconhecido por todos como um excelente nome na luta por uma Ceará-Mirim melhor.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário