25 julho 2016

"Marconi Barreto, o último suspiro do peixotismo" Por Daniel Menezes

O Cientista Político, Daniel Menezes, publicou no site “O Potiguar” sua avaliação sobre a atual conjuntura política/eleitoral em Ceará-Mirim.

De acordo com Daniel, Marconi Barreto representa a continuidade da gestão desastrosa do atual prefeito, Antônio Peixoto e pode ser o último suspiro do peixotismo.

Leia a matéria:


Desde o seu primeiro mandato que o prefeito Peixoto vem mal avaliado pelos cidadãos de Ceará Mirim. Ainda assim, conseguiu se reeleger na base da divisão da oposição. Tanto que foi o único do RN a se perpetuar numa prefeitura com menos de 40% dos votos. Com as muitas denúncias do Ministério Público (aqui, aqui e aqui) e total consagração do jeito de administrar, que é um dos mais reprovados do RN, conforme pesquisas (aqui), Peixoto tenta manter o controle da máquina, endossando Marconi Barreto e possíveis outras candidaturas de última hora no pleito que se avizinha. Seu grupo político já pede votos nesse sentido. Será que dará certo?

Mas por qual razão Barreto foi o nome da vez? Ora, porque, com um passado pouco conhecido, ele passa a falsa impressão de novidade. Peixoto é consciente que precisa mobilizar a bandeira da mudança, hoje anseio número um dos cearamirinenses. Apesar disso, conforme matéria do Portal Agora RN, os próprios vereadores do grupo do prefeito alegam que Marconi tem trânsito com o prefeito Peixoto (aqui) e se unem em torno da candidatura de Barreto. Um sinal que será mais do mesmo.

Portanto, o cidadão de Ceará Mirim está diante de uma encruzilhada - seguir com Marconi, o último suspiro do peixotismo; ou procurar um meio para a alteração efetiva da mesmice que dominou os últimos sete anos de atraso. O povo daquele que já foi um dos mais importantes municípios do RN caminhará até a urna no dia 02 de Outubro, para conceder mais um balão de oxigênio ao Prefeito Peixoto e manter tudo como se encontra? O eleitor sábio e senhor da razão dará a devida resposta.


Daniel Menezes é Cientista Político, Doutor em Ciências Sociais (UFRN), Professor Substituto da UFRN e diretor do Instituto Seta. Autor do livro: pesquisa de opinião e eleitoral: teoria e prática; e co-autor do Geografia do Voto em Natal.




0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário