01 setembro 2016

Vereador Clécio Júnior segue exemplo de Marconi Barreto e esconde patrimônio da Justiça Eleitoral

Apesar do seu nome figurar em duas empresas na base de dados da RFB, o vereador não cadastrou NENHUM bem na Justiça Eleitoral

O atual vereador, e candidato a reeleição, Clécio Júnior, que foi líder do prefeito Peixoto na câmara até os 45 do segundo tempo, quando resolveu oferecer seu partido, o PSDB, como legenda para o candidato a prefeito, Marconi Barreto, também escondeu seu patrimônio da Justiça Eleitoral, a exemplo do que fez o empresário milionário que diz ser dono do grupo Globo.

Consultando o site do TSE, é possível constatar que Clécio Júnior declarou que sua ocupação é a de "EMPRESÁRIO". O curioso é que no campo da lista de bens o candidato não cadastrou nada, absolutamente, NADA. O que nos chamou a atenção foi o fato de um "EMPRESÁRIO" não possuir NENHUM bem. Nem sequer a própria empresa.

Diante disso o Blog do Gordo pesquisou e constatou que na base de dados da Receita Federal do Brasil, o vereador aparece em duas empresas que, juntas, tem um capital social de R$ 150.000,00.

Qual será a explicação para isso? O famoso erro de digitação?

0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário