26 setembro 2016

[VÍDEO: DENÚNCIA GRAVE] Renato Martins usa nome de paciente de UTI para fraudar doações

Nome aparece na listagem de doadores, mas a vítima do esquema estava internada em uma UTI hospitalar na data do registro da doação. Família nega que doação tenha existido.

 

Analisando informações referentes às doações eleitorais para o candidato Renato Martins, da coligação “AVANTE CEARÁ-MIRIM: RETROCEDER JAMAIS!”, o Blog do Gordo percebeu algo muito, mas muito estranho mesmo: o nome de uma pessoa que estava internado em uma UTI Hospitalar relacionado como doador de sua campanha.

 

Thássius Lucena de Medeiros. Esse é o nome da vítima dessa provável armação feita pelo candidato do PR, Renato Martins.

 

Consultando o site do TSE, foi constatado que o nome de Thássius Lucena de Medeiros está relacionado na lista de doadores da campanha do candidato Renato Martins. A informação foi inserida no dia 2 de setembro e mostra o nome de Thássius como doador de R$ 1.500,00.


O que nos chamou a atenção é que nesta data, o "doador" estava internado em uma UTI hospitalar. Thássius foi vítima de um grave AVC e, apenas pela graça de Deus, não foi a óbito.

 

Depois de confirmarmos que o nome que consta indevidamente no site do TRE/RN, na listagem de doações para o candidato de Peixoto, era realmente o de Thássius, o Blog do Gordo entrou em contato com a família da vítima que negou, veementemente, que qualquer doação tenha sido feita para a candidatura de Renato Martins, candidato do PR. 

 

Em vídeo, o advogado Caio Lucena de Medeiros, que é irmão da vítima, denuncia o uso indevido do nome de Thássius como doador da campanha de Renato Martins, fala sobre o estado de saúde do seu irmão, diz que fizeram uma FALCATRUA, e afirma que irá promover uma denúncia junto ao Ministério Público para que "Renato Martins respeite as famílias e respeite as pessoas", finalizou.


Veja o vídeo gravado pelo irmão de Thássius para esclarecer essa tentativa de fraude eleitoral:

 

 







1 Comentários

Um comentário:

  1. Lamentavelmente existem pessoas capazes de menosprezar a dor, o sofrimento de uma família inteira para atender seus interesses mais escusos. A ninguém deveria ser permitida tanta crueldade e irresponsabilidade. Quero deixar bem claro antes de tudo, que nossa família não tem qualquer interesse político em jogo, haja vista que estamos atravessando um momento doloroso e extenuante. Por outro lado, nada temos de pessoal contra o candidato Renato Martins. Conheço seus pais e a família de sua esposa, pessoas que tem o meu respeito. Contudo, estou indignada com o uso do nome do meu filho fragilizado num leito hospitalar, lutando pela vida depois de uma grave Trombose seguido de outro AVC. O sofrimento de uma família que teve de ouvir até pedidos de doação de órgãos quando seu cérebro chegou a ser considerado irrecuperável dado ao seu estado gravíssimo, deveria ser respeitado. É triste ver que a falta de cerimônia em usar o seu nome provavelmente tenha sido exatamente por saberem que ele talvez não vivesse para desmentir o engôdo. Esqueceram de lembrar que Deus é maior que tudo isso. Que Deus os perdoe!!!

    ResponderExcluir