07 outubro 2016

Alunos e professores da Escola Francisco Ivo cobram da SEEC medidas que coíbam ações criminosas


Um grupo formado por alunos e professores da Escola Estadual Francisco Ivo e dirigentes do SINTE esteve na SEEC nesta quinta-feira (06) para protestar contra a onda de violência que vem atingindo a unidade escolar e exigir providências.

De acordo com o professor Enoque Vieira, que é diretor de formação sindical e educacional do SINTE/RN, após pressionar, o grupo foi recebido pela secretária estadual de educação, Cláudia Santa Rosa. Na audiência relâmpago, a secretária prometeu que a partir de segunda-feira (10) à escola vai contar com segurança armada no período noturno. Segundo o sindicalista, a gestora também disse que as escolas próximas ao Francisco Ivo, como Lia Campos, Luis Soares e Soldado Luís Gonzaga também vão passar a contar com segurança.

O diretor explica que as aulas estão suspensas até a próxima segunda-feira,10. As atividades serão retomadas se a promessa da secretária for cumprida e a segurança enviada a escola. 

HISTÓRICO DE VIOLÊNCIA NA ESCOLA FRANCISCO IVO 

O professor Enoque Vieira conta que nos últimos dois meses a escola foi alvo de três ações criminosas. A terceira, que ocorreu na última terça-feira (04), foi a mais violenta. Isso porque sete criminosos munidos de armas de fogo e armas brancas invadiram a escola.

Na ação, os bandidos levaram objetos de alunos e professores, apavorando todos os presentes. “Eles bancaram o terror. Alguns alunos e professores tiveram que se trancar em uma sala de aula, dentre eles uma aluna cadeirante. Os criminosos tentaram invadir a sala, mas não conseguiram. Todos ficaram apavorados”, conta Enoque Vieira.


0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário