26 outubro 2016

Baixa adesão impede efetivação do contrato entre o SINTE/RN e a Hapvida


A baixa adesão ao plano de saúde Hapvida impediu que o contrato entre o SINTE/RN e a operadora fosse efetivado. Eram necessárias no mínimo 100 adesões para que o contrato fosse firmado nas condições apresentadas à época e anunciadas pelo Sindicato. Porém, as adesões mínimas não ocorreram.

A diretora de administração e finanças do SINTE, professora Luzinete Leite, acredita que os rotineiros atrasos no pagamento dos salários dos trabalhadores em educação do Estado e das redes municipais motivaram a baixa procura pelo novo convênio oferecido pelo Sindicato: “Os profissionais da educação estão em alerta, inseguros diante dos atrasos no pagamento. Creio que se resguardaram a fim de evitar arriscar aderir a um novo plano e ficar inadimplentes”.

Luzinete avisa que os convênios entre o SINTE e a SulAmérica e Unimed Federação estão mantidos.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário