16 outubro 2016

Gêmeos siameses unidos pela cabeça passam por cirurgia delicada nos Estados Unidos


Na manhã desta sexta-feira (14), médicos do Centro Médico Montefiore, em Nova York, concluíram, uma difícil cirurgia de separação de gêmeos siameses unidos pela cabeça. Segundo a CNN, o procedimento de mais de 16 horas de duração foi bem-sucedido.

Os gêmeos Jadon e Anias McDonald têm 13 meses e foram operados por uma equipe liderada pelo cirurgião James Goodrich, especialista nesse tipo de cirurgia. Segundo Nicole, mãe dos bebês, eles compartilhavam uma área de 5 x 7 cm do tecido cerebral e o cirurgião teve de decidir como dividi-lo "com base em seu instinto", já que não havia um plano definido.

Nicole relatou ainda que um dos bebês, Anias, ficou debilitado pelo procedimento e está sendo mantido estável por meio de medicamentos. É possível, segundo a mãe, que ele não consiga mover um ou ambos os lados do corpo no início por causa da região do cérebro envolvida na cirurgia.

Nos próximos dias, os bebês estarão sujeitos a inchaço cerebral e acidente vascular cerebral (AVC). "Os próximos meses serão críticos em termos da recuperação e não sabemos com certeza como Anias e Jadon vão se recuperar nas próximas semanas", escreveu Nicole.


0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário