29 novembro 2016

[TRAGÉDIA] Avião que transportava equipe da Chapecoense cai na Colômbia


O avião que transportava a delegação da Chapecoense, para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, desapareceu do radar e sofreu um acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión, na madrugada desta terça-feira. 

Segundo a agência AFP, um total de 25 corpos foram identificados e cinco pessoas foram resgatadas. No voo estavam 81 pessoas, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes.

"Há cinco pessoas resgatadas e 25 cadáveres identificados em uma zona de acesso muito difícil", afirmou Elkin Osorio, prefeito de La Ceja, município próximo ao local da tragédia.

O primeiro sobrevivente a ser atendido no hospital foi o lateral esquerdo Alan Ruschel, que chegou consciente ao local e conversando com os funcionários do local. Posteriormente, hospitais da região informaram que os goleiros Danilo e Follmann também estão sendo atendidos e estão entre os sobreviventes.

As ambulâncias com os primeiros feridos chegaram ao Hospital San Juan de Dios de La Ceja por volta das 5h (de Brasília). Porém, o trabalho de resgate foi suspenso por volta das 6h (de Brasília) por causa das condições meteorológicas adversas, já que chove muita na região. A região do acidente é isolada, o terreno montanhoso e as péssimas condições do tempo dificultam o trabalho de resgate.

O avião de matrícula CP2933 * transportava 81 pessoas; entre tripulação, jogadores, comissão técnica, diretoria e jornalistas. A delegação brasileira viajava rumo a Medellín, cidade na qual a Chapecoense iniciaria nesta quarta-feira a briga pelo primeiro título continental diante do Atlético Nacional.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário