30 junho 2017

Trabalhadores tomam às ruas de Natal para protestar contra as reformas do governo


Apesar da chuva que caia sem cessar, milhares de trabalhadores/as do RN, entre eles os da educação, tomaram às ruas de Natal, na tarde desta sexta-feira (30/06), dia de Greve Geral nacional. O protesto foi contra as reformas propostas pelo governo Temer e em prol da revogação da lei da terceirização e por eleições diretas.

Servidores da educação, saúde, administração indireta e direta, bancários, policiais civis, agentes penitenciários, entre outros, bem como estudantes e trabalhadores de áreas diversas, se concentraram em frente ao IFRN da Avenida Salgado Filho, Zona Sul da capital. Representantes da CUT Brasil, outras centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo também participaram do ato. Por volta das 16h a marcha foi iniciada.

A senadora Fátima Bezerra, o deputado estadual Fernando Mineiro e a deputada federal Zenaide Maia participaram do ato. Os parlamentares são contrários às reformas que visam modificar a aposentadoria e precarizar a lei trabalhista.

Munidos de faixas, cartazes e palavras de ordem, os trabalhadores deixaram claro que não vão aceitar as reformas e da rua não arredam pé. A grande bandeira azul do SINTE/RN que diz “Sou educação. Sou SINTE/RN” foi o destaque da manifestação. (Veja todas as fotos da atividade AQUI).


Movimentos sociais e estudantis comandaram a parte musical da manifestação com uma “banda”, onde a regra era o “Fora, Temer!”. O mantra foi o hino da caminhada pacífica, que foi acompanhada de perto pela Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal. O trânsito foi desviado na área.

A passeata durou mais de duas horas e foi encerrada quando a noite já tinha caído. Os manifestantes se dispersaram na Praça do conjunto Mirassol.


0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário