04 dezembro 2017

15º Congresso Estadual de Educação discute democracia e resistência


O 15º Congresso Estadual dos Trabalhadores em Educação Pública do RN, evento tradicionalmente realizado pelo SINTE/RN, teve como destaque o debate sobre a atual democracia brasileira e a resistência dos trabalhadores frente à retirada de direitos.

O evento reuniu 600 pessoas entre a última quinta-feira (30/11) e o sábado (02/12) no hotel Mardunas Centro de Eventos, em Nísia Floresta/RN. Representantes das 17 regionais e 87 núcleos do SINTE participaram do Congresso que teve como tema “Paulo Freire: Educação Pública, Democracia, Desafios e Resistência”.

Se revezando em apartes nas plenárias, os participantes das diversas tendências políticas e educacionais destacaram a importância da unificação da luta dos trabalhadores para combater as reformas e o projeto neoliberal de desmonte do Estado brasileiro. Grupos de trabalho discutiram as conjunturas internacional, nacional e estadual, trataram do Estatuto do SINTE/RN e das políticas sindical e educacional e ainda discutiram o balanço e o plano de lutas dos trabalhadores. O Coral Magister marcou a atividade cultural do Congresso.


O presidente da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), professor Heleno Rodrigues, esteve presente.


O ex-presidente da CNTE e atual secretário de relações internacionais da Confederação, professor Roberto Leão, participou do primeiro dia do evento. Ele falou da importância do Congresso para a luta dos trabalhadores: “O Congresso do SINTE é um espaço de reflexão sobre esse momento e de construção de formas de luta para enfrentar os desafios que estão colocados pela política do impostor que ocupa o palácio do governo brasileiro hoje, que é o Temer”. (Veja o depoimento de Roberto Leão AQUI)


O deputado estadual Fernando Mineiro também falou sobre a contribuição do evento e parabenizou o SINTE/RN: “O Congresso é um momento para refletirmos e nos unirmos, somar forças e apontar caminhos para o próximo período. Parabéns ao nosso sindicato!”.


A presidenta da CUT RN, professora Eliane Bandeira, mandou o seu recado: “Os enfrentamentos que a classe trabalhadora terá em 2018 são grandes e nesse momento o SINTE aproveita para fazer essa discussão e organizar um plano de luta e de ação”.


O congresso do SINTE acontecer neste momento da conjuntura brasileira é mais que importante. É um momento de organização e parar para analisar a conjuntura e planejar como  vai ser a reação”, afirmou a vereadora de Natal, Natália Bonavides.


A senadora Fátima Bezerra também esteve presente e citou Paulo Freire como inspiração para a luta: “Mais do quê nunca nós precisamos dos ensinamentos de Paulo Freire e precisamos lutar para barrar os retrocessos, defender a democracia e a educação pública, gratuita, laica e de qualidade para todos”. (Veja o depoimento da senadora AQUI)

(Veja AQUI as fotos do 1º dia do evento)
(Veja AQUI as fotos do 2º dia do evento)
(Veja AQUI as fotos do 3º dia do evento)
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário