23 março 2019

Governo assina convênio com UNICEF para evitar exclusão e evasão escolar


A governadora Fátima Bezerra assinou nesta quinta-feira (21), adesão do Rio Grande do Norte ao programa Busca Ativa Escolar, realizado em parceria do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), com o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

“O programa vai nos oferecer mecanismos para evitar a exclusão escolar, através do controle e acompanhamento de criança e adolescentes questão fora da escola ou em risco de evasão”, afirmou a governadora Fátima Bezerra, que é professora da rede pública estadual.

O programa Busca Ativa Escolar possibilita reunir em uma plataforma informações produzidas pelos municípios e identificar as principais causas da exclusão escolar e os territórios mais vulneráveis. “Isto vai permitir um melhor planejamento de políticas públicas específicas visando o enfrentamento da situação. Além disso, com os problemas identificados e localizados, poderemos garantir matrícula aos alunos, permanência e aprendizagem na idade certa”, registrou Fátima Bezerra.

Representante do UNICEF no Brasil, Florence Bauer acrescenta que o programa trabalha também com profissionais das áreas de saúde, assistência social e planejamento na mesma plataforma. “Cada pessoa ou grupo tem papel específico, que vai desde a identificação de uma criança o adolescente fora da escola até a tomada das providências necessárias para a matrícula e a permanência do aluno na escola”, informa Florence.

Também participam da reunião o vice-governador Antenor Roberto, o secretário de Estado da Educação, Getúlio Marques, secretaria adjunta de Educação, Márcia Gurgel, secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Vasconcelos e a secretária adjunta da secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Ação Social, Josiane Bezerra. E, ainda, Dennis Larsen, chefe do Território do Semiárido do Unicef, Ítalo Dutra, chefe de Educação do Unicef no Brasil.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário