19 março 2019

Líder de Israel é acusado de corrupção após compra de submarinos

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, foi acusado nesta segunda-feira (18) de ter recebido dinheiro ilegal para favorecer a empresa alemã ThyssenKrupp com a compra de submarinos.

A acusação partiu do principal opositor de Netanyahu, o ex-chefe de Estado Maior Benny Gantz, segundo o qual o primeiro-ministro teria recebido 3,9 milhões de euros no negócio que custou US$ 2 bilhões aos cofres do Estado de Israel.

"Criaremos uma comissão para investigar este caso e todos os envolvidos", Gantz disse à AFP.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário