27 junho 2019

Governo anuncia 3 folhas, volta dos consignados e descarta aumento; atrasados não têm previsão

Nesta quinta-feira (27) o governo do Estado se reuniu com o Fórum Estadual dos Servidores. Na ocasião, anunciou o pagamento de três folhas salariais, a volta dos empréstimos consignados para os servidores, descartou o aumento salarial para o funcionalismo e disse não ter previsão para pagar as três folhas ainda em atraso. Veja abaixo um resumo da audiência.

Calendário de pagamento

Foi anunciada a previsão de pagamento dos meses de julho, agosto e setembro. De acordo com a promessa do governo, os servidores vão receber os salários da seguinte forma:

Julho

15/07
Integral para quem ganha até 3 mil reais
30% para quem ganha acima de 3 mil reais

30/07
70% restante para quem ganha acima de 3 mil reais

Agosto

15/08
Integral para quem ganha até 3 mil reais
30% para quem ganha acima de 3 mil reais

30/08
70% restante para quem ganha acima de 3 mil reais

Setembro

16/09
Integral para quem ganha até 3 mil reais
30% para quem ganha acima de 3 mil reais

30/09
70% restante para quem ganha acima de 3 mil reais

Empréstimos consignados

O governo anunciou que até julho os empréstimos consignados, suspensos há mais de 3 anos, vão voltar a ser concedidos com seis meses de carência.

Aumento salarial para o conjunto do funcionalismo

O governo descartou qualquer possibilidade de aumentar os salários dos servidores de todas as áreas. A alegação é a crise financeira. O conjunto de servidores acumulam perdas salariais de quase 10 anos. Em resposta o Fórum criticou a medida e questionou o hipotético aumento que poderá ser concedido em breve a procuradores do Estado caso o projeto que está na Assembleia Legislativa seja aprovado pelos deputados.

Folhas em atraso

Não há previsão para quitar as 3 folhas que ainda estão em atraso (novembro, dezembro e 13º salário de 2018).

Adiantamento do 13° de 2019 para o conjunto do funcionalismo

O governo disse que só devem receber agora no meio do ano o adiantamento de 40% do 13º salário de 2019 apenas as categorias que dispõem de receita própria. Os trabalhadores em educação da ativa, conforme prometeu o Secretário Estadual de Educação em audiência com o SINTE/RN na última terça (25), deverão receber o adiantamento, uma vez que têm como fonte o FUNDEB. Já os aposentados ficarão para dezembro, prazo limite determinado por a lei para se pagar o décimo terceiro, pois têm sua arrecadação a partir dos recursos do Estado.

Fórum reúne-se na próxima terça-feira

As entidades que compõem o Fórum Estadual dos Servidores vão se reunir na próxima terça-feira, dia 02 de julho, para avaliar a audiência com o governo e traçar estratégias de luta. O diálogo está marcado para às 15h na sede estadual do SINAI-RN.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário