26 setembro 2019

Gustavo Negreiros é afastado da TV Tropical, mas deve voltar ao programa

Por Rafael Duarte - Agência Saiba Mais

O jornalista Gustavo Negreiros foi afastado temporariamente do programa Radar da Notícia, na TV Tropical, afiliada da Rede Record, no Rio Grande do Norte. Nesta quinta-feira (25), após a repercussão nacional das agressões dele à ativista sueca Greta Thunberg, a direção da TV decidiu tirar o jornalista do ar durante um tempo. A concessão da TV Tropical pertence à família do ex-senador José Agripino Maia.

Negreiros foi substituído na bancada do programa pela jornalista Suzy Noronha, que dividiu os comentários com o publicitário Jener Tinôco.

A agência Saiba Mais entrou em contato com o superintendente da TV Tropical Jânio Vidal, mas ele não quis se pronunciar sobre o caso:

Nada a declarar. Tudo bem com você, Rafael, tenha um bom dia”, afirmou antes de desligar o telefone.

Durante uma reunião na manhã desta quinta-feira (26) na TV Tropical, Vidal confirmou aos apresentadores Suzy Noronha e Jener Tinôco que Gustavo Negreiros seria afastado temporariamente, mas voltaria ao programa dentro de alguns dias.

A reportagem também ligou para o senador José Agripino Maia, mas ele não atendeu as ligações.

Negreiros foi demitido da rádio 96 FM na quarta-feira (25) após os quatro patrocinadores do programa suspenderem os contratos com a emissora.

Além do programa de TV, ele mantém um blog na internet.

“Uma vagabundinha, uma vagabunda”, atacou o jornalista sobre Greta Thunberg na TV

Um vídeo que circula nas redes de whatsaap desde quarta-feira mostra que as agressões do jornalista não se restringiram à rádio 96 FM. No programa Radar da Notícia, da TV Tropica, ele chamou Greta Thunberg de “vagabundinha, vagabunda” porque a ativista teria feito greve em uma sexta-feira.

No programa, Negreiros voltou a relacionar Greta com apelo sexual:

“Essa menina está precisando de um namorado”, afirmou.

Para o apresentador, o problema da ativista “é falta de pêia”.

Ao lado, o colega de bancada Jener Tinôco apenas riu com deboche e completou:

“É muito fácil fazer greve em Estocolmo”, disse.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário