06 setembro 2019

Mentiras de Bolsonaro: As estradas construídas pelo exército não são obras do seu governo

Obras construídas pelo exército e alardeadas por Bolsonaro não foram contratadas em seu governo

Exército em obra de duplicação da BR 101 próximo à Goiana, em Pernambuco, no dia 16 de janeiro de 2006, durante mandato do Presidente Lula. Foto: Hans Von Manteuffel / Agência O Globo

O presidente Jair Bolsonaro não cansa de elogiar o exército e mostrar, nas redes sociais as rodovias que os militares fazem pelo país, ele esquece apenas de mencionar que estas obras não foram contratadas em seu governo. São obras concedidas em governos antigos, que estão próximas do fim.

De fato as duas maiores obras que estão hoje com os fardados (duplicação da BR-116 no Rio Grande do Sul, em contrato de R$ 207 milhões, e pavimentação da BR-163 no Pará em contrato de R$ 140 milhões) foram concedidas em 2017 e 2018 pelo governo de Michel Temer, com seu fim já previsto no curto horizonte. Das atuais 30 obras em execução pelo Exército, 16 acabaram ainda em 2019. 

O presidente que mais contratou o exército foi Temer, com 32 obras, seguido de Dilma e Lula.

Em sete meses Bolsonaro só assinou um contrato, contra média anual de 6,4 desde 2003.

No auge do PAC, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o Exército tinha R$ 1,2 bilhão em obras contratadas com o governo federal. Agora, na gestão de Jair Bolsonaro, os militares conquistaram, até o momento, apenas a obra emergencial de uma ponte, orçada em R$ 547 mil.


Com informações de ÉPOCA.




0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário